segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Cavafy + Pessoa

- «The Night Fernando Pessoa Met Constantine Cavafy (2008)»
- documentário legendado em inglês:

no «YouTu»

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

da «Santa» a Livro - Ana («de Amsterdam») Cássia Rebelo

- [tem sido, desde que C. [...],  lá por 0910, uma das leituras ...] 

 - «Autobiografia + Diário + Ficção» - de preferência, como neste caso, num Tecido literariamente elaborado - faz agora, de certo modo, «o caminho inverso» - passa a «objeto-Livro», hoje lançado

A editora (Quetzal) «disponibiliza», na «Santa»,  as primeiras páginas - AQUI

- artigo - entrevista no  Público , de Hugo Pinto Santos - AQUI
- crítica, do mesmo, AQUI

«Azuis» - Rosa Maria Martelo

- C. - relembre-se, «Máscara quotidiana» de D. -  «declara-se dispensado» de «máscaras com data marcada...»
 - por isso, em Dia de «Tintas-Cheias» [...], escolhe a «Cor» - para Ele, o AZUL
- o «Azul», de R. M. Martelo:

1.

Não sei se o fio do horizonte separa ou junta dois azuis. Faz rimar azul com azul, mas é talvez falsa, essa rima. O finito e o infinito, e ao meio uma só linha a cerzir azul com azul. Céu e mar não rimam, e no entanto haverá rima mais perfeita? O mar, e depois dele o outro azul (que às vezes parece negro), assim por esta ordem. Ou é apenas falsa rima, a esconder, noite com noite, uma outra noite maior e mais dispersa? 

2.

Acima da luz da rua e do ladrar dos cães,
depois do dia, antes da noite, e durante muito pouco tempo,
o azul urbanizado concentra-se em mais azul. O céu fica mais alto
e mais fechado, artificial como um palco iluminado, e brilha
para depois escurecer. Sob este azul que não há na natureza
voltamos para casa, como em certos fins de tarde
muito antigos sob outro azul,
no campo, ligeiro e transparente. Mas é este, o nosso azul.
Reflectido a luz eléctrica, tem qualquer coisa de gordura, de petróleo,
é untuoso e pesa. E mesmo assim, aquece
como a gola levantada de um casaco de inverno.


Rosa Maria Martelo, «Azuis», Relâmpago, n.º 31, 32; transcrito das pp. 138, 139, de  Resumo - a poesia em 2013, 2014, Fnac, Documenta

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Surpresa (Visita) - «Ex-AA»

- «à despedida», mostrou um exemplar de um dos livros de Mia Couto, como «prova« de [...] e «remate» de uma gratificante visita.... [e «o Resto não se diz...»]

- «apresentou-se» pelas 15 e... ;«anda pelos» 25...; estuda «nas C....»; pertenceu ao Bloco de 0506 que marcou o 1.º ano no Paraíso de A. S. [já «retirada», entretanto...]
- [levou C. a «rever» imagens de um ano especial, posterior à «Sabática»...]
- [também foi referida J. N., a que inventou o Nome de A. [que durou vários anos...] para o então D.

- C. não percebeu bem «ao que veio» a M. , mas certamente «será esclarecido» na próxima...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Saudade(s) - (do Paraíso 1314)

- deve ser «caso raro» - pouco mais de 6 meses depois - declararam-se S.

- (em frente do «502») -  lá estava o «Bando das  4» - [M. P. + C. L. + «Sempre Sorrrisos» (ou B. Bilr.) + M. Cz.- tão diferentes - mas todas Univ. e contentes com as suas «Escolhas» - todas repetindo que o «Ritmo» obtido no Palácio lhes dá larga vantagem... »         [pois, das (poucas)que levaram S. «a sério»...]

- «em férias de semestre», declararam «ter lido desalmadamente»....mas «tudo coisas das suas novas especializações...»

- «atrasada», C. L. trazia 1984, de Orwell, «carregado de marcas coloridas»... [e disse «que vai Ilustrar um... e que, para o ano, vai para a Escócia....»]
Aleluia